Wagner Moura vence ação de R$ 80 mil por danos morais contra Reinaldo Azevedo 


Coluna publicada na Veja falava sobre recurso da Lei Rouanet

Wagner Moura
Wagner Moura – John MacDougall/AFP

Wagner Moura, 43, ganhou uma ação na Justiça contra o jornalista Reinaldo Azevedo e a editora Abril. O processo por danos morais calcula o pagamento de R$ 80 mil ao ator. Hoje colunista da Folha, Azevedo era contratado da revista Veja na época do processo.

Com a decisão, a editora Abril tem cinco dias para retirar do ar a reportagem intitulada “Wagner Moura, o ´aclamado´ do nariz marrom, levou um R$ 1,5 milhão do Ministério da Cultura”, publicada no dia 30 de março de 2016.

A reportagem dizia que Moura teria arrecadado R$ 1,5 milhão para a montagem do espetáculo de teatro “Esperando Godot”. Consta nos documentos, no entanto, que o valor foi liberado via incentivo da Lei Rouanet para a empresa Turbilhão de Ideias Cultura e Entretenimento Ltda e que esse valor seria utilizado para o custeamento de toda a produção e profissionais envolvidos no projeto.

Quando uma proposta apresentada é aprovada pela Lei Rouanet, o produtor do evento pode captar recursos junto a apoiadores, oferecendo a eles a oportunidade de abater valores do Imposto de Renda.

Além do fato de que o valor não seria pago diretamente ao ator, o espetáculo nem chegou a ser montado. Por isso, o pagamento desses recursos nem chegaram a ser liberados, segundo informou a juíza Juliana Leal, da 9ª Vara Cível do Rio, na sentença.

Os réus do processo se defenderam ao usar o artifício da liberdade de expressão. No entanto, a juíza contrapôs que “a informação veiculada pelos meios de comunicação deve ser verdadeira, já que a imprensa possui a profícua missão de difundir conhecimento, disseminar cultura, iluminar as consciências, canalizar as aspirações e os anseios populares, enfim, orientar a opinião pública no sentido do bem e da verdade”, pontuou.

O processo cita outras reportagens publicada pela revista Veja contra Wagner Moura, mas pede apenas que uma delas seja retirada do ar por conter uma informação falsa. O jornalista Reinaldo Azevedo disse que não comenta decisões judiciais que envolvem o nome dele. “Quando é o caso e se acho justo, saio em defesa de terceiros. Na ação em questão, cabe recurso. Recorra-se.”

Source: F5 – Celebridades – Wagner Moura vence ação de R$ 80 mil por danos morais contra Reinaldo Azevedo – 28/06/2019

Você pode gostar...