Cerveró nega indicação de Lula para cargo na Petrobrás em 2003 

Em depoimento na ação penal que tem como réu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no âmbito da operação Lava Jato, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, afirmou nesta quinta-feira (24) que não conhecia e não teve contato com o ex-presidente quando assumiu o cargo na Petrobrás, em 2003. “Não houve negociação com o Lula. Eu soube que quem fazia essas indicações na época era o ministro Zé Dirceu. Não conheci o presidente Lula nessa época e não sei de nenhuma interferência dele neste caso”, afirmou. O ex-diretor também afirmou que quando assumiu o cargo, não firmou nenhum acordo para pagamento de propina ou arrecadação para fundos partidários. ” Anteriormente a minha nomeção eu não fiz nenhum tipo de acordo preliminar de qualquer tipo de compromisso nesse sentido. Depois da minha nomeação aconteceu, como já descrevi em outros depoimentos”, afirmou. > Cerveró acusa Lula de trocar diretoria da Petrobrás por perdão de dívida Em depoimento no dia 8 de novembro Cerveró afirmou que Lula o teria indicado ao cargo de diretor financeiro na estatal, em 2008, como agradecimento pela atuação do ex-diretor pelo perdão de uma dívida de R$ 12 milhões do PT, junto ao banco Schahin, com recursos de um contrato da estatal. “Não foi um reconhecimento oficial, mas foi um motivo de reconhecimento que levou o presidente Lula a me indicar para a BR Distribuidora. Isso me foi dito pelo pessoal da Schahin”, afirmou em depoimento. “A informação que me foi dada é que isso seria um reconhecimento do trabalho que eu havia feito na liquidação da dívida do PT em 2006. Eu tinha conseguido através da contratação da Schahin Óleo e Gás, operadora de uma das sondas que nós contratamos”, acrescentou Cerveró. No depoimento de hoje (24) Cerveró reafirmou o depoimento do início do mês. O ex-diretor afirma que precisou sair da diretoria da área internacional por negociações políticas e que foi informado posteriormente pelo ex-presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, que em reunião um dia antes do conselho Lula o teria indicado ao cargo de diretor financeiro. “Eu teria que sair do cargo e Lula falou para o conselho me indicar para a outra diretoria que estava vazia na época, mas isso é o que ele me disse”, afirmou.

Fonte: Cerveró nega indicação de Lula para cargo na Petrobrás em 2003 | Paraná Portal

Você pode gostar...